CardioInterv 2016 reúne principais nomes da Cardiologia Mundial

Promover e debater procedimentos minimamente invasivos com alto índice de sucesso na cardiologia, trazendo o que há de mais moderno no tratamento de doenças cardiovasculares através de cateter. Este foi o principal objetivo do 16.º Simpósio Internacional de Cardiologia Intervencionista (CardioInterv 2016), que aconteceu nos últimos dias 25 e 26. O evento, promovido pela Fund...
Leia mais

CardioInterv reúne renomados cardiologistas em Curitiba

As inscrições para participar da edição 2016 do evento já estão abertas O Hospital Cardiológico Costantini realiza, em Curitiba, nos dias 24 e 25 de novembro, o 16.º Simpósio Internacional de Cardiologia Intervencionista (CardioInterv 2016). O evento, que é promovido em parceria com a Fundação Francisco Costantini, terá a presença de grandes nomes da comunidade científica mu...
Leia mais

Caminhada do Coração em Curitiba faz alerta contra o sedentarismo pelo 12.º ano consecutivo

As doenças cardiovasculares lideram o número de mortes no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) As doenças cardiovasculares são a principal causa de mortes no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, são aproximadamente 300 mil óbitos por ano. O cardiômetro, da Sociedade Brasileira de Cardiologia, marcou 264 mil mortes apenas até o início...
Leia mais

Fumar aumenta o risco de infarto

Alerta é do Hospital Cardiológico Costantini no Dia Nacional de Combate ao Fumo No dia 29 de agosto foi comemorado, no Brasil, o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Considerado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) uma das principais causas de doença no mundo- matando cerca de 80 mil pessoas por ano no Brasil-, o ato de fumar é um importante fator de risco de várias doenças, ...
Leia mais

É possível estar tendo um ataque cardíaco e não saber?

Cardiologista do Hospital Cardiológico Costantini aponta como os sintomas podem ser silenciosos Um dos principais sintomas de que a pessoa está tendo um ataque cardíaco é sentir um forte aperto no peito, quase como se um elefante estivesse deitado em cima dela. Mas, ainda é possível ter um infarto agudo do miocárdio sem sentir tal pressão? De acordo com a cardiologista Ferna...
Leia mais